Páginas

24 de set de 2013

elefantes



Gosto das pessoas, na verdade o que eu mais gosto nelas é quando elas carregam dentro de si um particularidade, um gosto incomum, uma mania estranha, um amor esquisito, algo que só elas tem com elas mesmas, algo que faça elas sorrirem, e sim, que faça SÓ elas sorrirem, que não faria sentido pra mais ninguém. Há poucos dias uma pessoa me explicava sobre flocos de neve, e que aquilo a fazia feliz, eu não entendi muito no inicio, até porque nunca vi um floco de neve, ou mesmo senti um floco tocar a minha língua no inicio do inverno, mas aquela pessoa me mostrou a beleza dentro daquele floco, que não estava escondida, mas que eu não conseguia ver, um desenho perfeito dentro de um pequeno floquinho que cai do céu, é simplesmente lindo. Simples, complexo e lindo. E pensando bem, a simplicidade é complexa mesmo, por isso que é linda.
 Pensando nisso eu lembrei de algo que me faz feliz também, não é tão simplesmente complexo como um floco de neve, mas é tão lindo quanto, pelo menos pra mim (lembrando que isso vem de cada um), os elefantes. O elefante é um ser gigantesco, pesado, casca dura e que tem chifres. Descrevendo assim para uma criança de 5 anos, qual imagem ela provavelmente teria da tal criatura? Sim, uma grotesca.
Porém quando eu olho pra um elefante eu não consigo ver nada de grotesco, é até fofo, e me fascina uma criatura tão grande ter medo de algo tão pequeno, as formigas. Me fascina também uma criatura tão grande se diminuir e deixar ser montada por pessoas que a respeitam, como na Índia. Isso me ensina que quando somos respeitados, não vemos problemas nenhum em servir.
Me ensinam também que podemos ser fortes, mas sem sermos casca duras, podemos ser pesados, mas leves,que podemos  transmitir leveza, (um elefante correndo não me parece pesado). Essas criaturas maiores que prédios que não nos deixam com frio na espinha quando vemos fotos, essas criaturas pesadas que não chamamos de gordas quando olhamos, são elas as minhas preferidas.

Eu queria ser um elefante, ou parecer como um, queria ser  um ser-humano elefante.

Talvez isso não faça sentido pra você, mas eu sei que você carrega consigo algo que também não faça sentido pra muita gente, mas que no seu intimo é muito importante, como elefantes, flocos de neve, balões ou árvores, e que só você irá saber o quanto são valiosas. Até porque são pequenas coisas que nos diferenciam e nos tornam especiais.

Um comentário:

  1. Me emocionou. Narrativa que flui. E que me fez pensar no que admiro, gosto, que as pessoas não entendem.
    Obrigada pelo texto maravilhoso.

    ResponderExcluir