Páginas

9 de jul de 2010

Esse mundo perfeito nunca vai existir

Dias de verão e noites de inverno, a cidade as vezes é o inferno. Criei então um universo onde tudo era perfeito e feito pra nós dois. Passamos muito tempo sentados na calçada, falando sobre tudo e não dizendo nada. Seu sorriso vale mais de mil palavras, deixa que o futuro fica pra depois. Depois da meia-noite nós acendemos as luzes da cidade, nos abraçamos e ficamos juntos até nascer o sol. Noites de verão e dias de inverno, poucos minutos parecem eternos. Você sabe eu não sei mentir, esse mundo perfeito nunca vai existir. Não quero esquecer as noites viradas, falando sobre o mundo até a madrugada. Nos seus olhos eu vejo a verdade faça o que você fizer diga o que você quiser, depois da meia-noite. 
Depois da meia-noite - Capital Inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário