Páginas

1 de mar de 2010

meias coloridas.

Hoje olhando minhas meias coloridas em meu armário me lembrei de com eu era feliz, lembrei de tempos que eu me sentia bem, lembrei daquela garota das pernas finas e das meias coloridas, aquela que acreditava em contos de fadas, papai noel, esperava o coelhinho da pascoa, que escutava rebelde e sonhava em ser uma super estrela, uma garota que acredita no melhor das pessoas, que estava viva a cada dia, mais talvez ela não queira sair mais e esteja presa, talvez ela tenha aprendido da pior forma, talvez essa garota tenha morrido ou esteja viva em algum lugar de mim, as meias coloridas ainda existem e de uma forma estranha me faz chorar em pensar naquela velha garotinha, que procurava sua liberdade, que pensava que seus problemas eram os maiores do mundo, que ninguém sofria tanto como ela e quem ninguém ia a magoar e pensava que o mundo era somente sorrisos. 

2 comentários:

  1. Amava minhas meias coloridas, tenho tudo guardada até hj!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir