Páginas

28 de fev de 2010

as dores.




Como é ruim saber que não podemos voltar o tempo, quando erramos nos sentimos culpados, tão culpados que as vezes demora anos para nos perdoarmos e como é ruim perder algo é depois descobrir que isso era importante, muito importante, quantas vezes nos sentimos sozinhos, somos magoados, ferimos o sentimentos dos outros, falamos sem pensar, escolhemos caminhos errados, que quase sempre nos levam para um lugar sozinho, um abismo, uma solidão. As vezes pensamos que não  há mais jeito para nada, pensamos em nos matar, pensamos que ninguém sentiria nossa falta, mais quase sempre nos levamos e seguimos em frente, por mais que nossa vontade seja cair no chão e nos entregar a desilusão, pensar que seria bom caminhar sozinho, mais não é, é um caminho de espinhos, onde seu coração somente bate, você não vive, não senti emoções, é uma estrada sem fim, onde você não consegui ver as cores, ou quando surge um buraco negro em nossas vidas e temos que correr para não enxergar, talvez por medo de encarar a situação, encarar os problemas, fechamos os olhos, não consigo ser forte o tempo todo, talvez eu não seja capaz de alimentar minha vida com apenas alegria, como eu queria poder fazer isso, como eu queria ter as pessoas que amo próximas a mim, mais a vida não é justa, você sente um buraco no seu peito, um buraco a ser preenchido, por mais que isso doa por mais lágrimas que você tenha derramado, por favor, não desista, pois não importa se demorar, vai passar, você vai se sentir feliz, completo por algum tempo, depois vai cair no chão de novo, vai acontecer tudo de novo, e vai se perguntar se a vida é justa, mais vai seguir em frente e viver, pois a vida não é só o nosso passado, por mais que queremos voltar no tempo, o tempo que eu era feliz e não fazia idéia, mais não é muito bom remoer o passado e melhor seguir em frente e somente lembrar das coisas boas, doce passado, e seguir em frente, apenas caminhar , tente.

2 comentários:

  1. O mundo não é justo e, quanto mais vivemos, mais vemos as bobagens que fazemos pelo caminho. No entanto, como ainda não inventaram a máquina do tempo, só nos resta seguir em frente.
    Bjoooo!!

    ResponderExcluir