Páginas

28 de mai de 2010

apenas.

Solidão, drama, depressão,
suspiros, amores, dores, 
doces, chocolates e espinhas. 

Tudo é relativo, 
nada é por a caso,
e nem planejado. 

Tédio, planos esquecidos e desejos reprimidos. 
meias coloridas, pirulitos e cores.
vazio, dores, saudades.

Não da para mudar, 
não da para esquecer. 
e muito menos apagar.

Quem deras que eu pudesse
sentir de novo aquela magia, 
acabar com minha agonia, 

Apenas vou me levantar,
não vou tentar mudar,
e hoje minhas lágrimas não vão escorrer. 

Tudo é relativo, 
nada é por a caso,
e nem planejado. 

- Minhas palavras tolas e soltas não devem ser consideradas poesia.

2 comentários:

  1. adorei o blog,amei essa parte
    Não da para mudar,
    não da para esquecer.
    e muito menos apagar.

    ResponderExcluir
  2. Mil coisas, mil emoções e sentimentos, bons ou ruins.

    ResponderExcluir