Páginas

6 de dez de 2012

Por que há de ser assim? Por quê não há de acontecer mais? De se afogar em felicidade. De transbordar em paixão. Por quê não há de reluzir nos olhos? Ir além, viver mais, gritar mais ou simplesmente chorar. Por quê não  ver o que os tolos dizem não existir? Fixar-se em nada. Abduzir-se. Transcender-se. Por quê? Por quê? Por quê? Por quê simplesmente não libertar as correntes que aprisionam as assas e voar para o infinito?

13 comentários:

  1. Porquê? É a pergunta que fica. Sem resposta e resta também a vontade de ir... sem saber para onde e nos libertar de tudo aquilo que nos agarra e que, de certo modo, nos prendemos também conscientemente.

    ResponderExcluir
  2. Porque a gente tem medo. Mas a primeira coisa que me vem a cabeça é I'm Outta Time do Oasis, especialmente aquela parte: you know, it's getting hard to fly.

    Talvez a gente tenha caído demais e desenvolveu medo de qualquer coisa que não envolva nossos pés cravados no chão.

    ResponderExcluir
  3. Voar para o infinito...seria interessante, rs

    Obrigada pela visita

    Abçs

    ResponderExcluir
  4. Me pergunto isso quase todos os dias.

    ResponderExcluir
  5. Porque o ser humano tem dentro dele algo que sempre diz "cuidado", sempre que ele tenta algo novo. Crescemos um pouco medrosos da vida.

    ResponderExcluir
  6. Que bonito, tu escreves bem.

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse texto, eu sempre me pergunto isso, acho que todos nós nos perguntamos ne.
    bjinhos
    conversando-com-a-lua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Texto interessante. As vezes me pego fazendo algumas dessas perguntas. mas acho que de tanto fazer um dia acabo achando a resposta rsrs.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  9. As coisas são assim, porque fazemos assim delas. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Pois é. Por que?
    a gente vive fugindo de responder estes por quês. Né?
    opinandoemtudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir