Páginas

23 de nov de 2012

- Sim, eu precisava fugir. De quem? Talvez de mim mesma. Eu precisava desfragmentar-me para entender a nuvem confusa que compunha-me. Talvez eu precisava entender  que o monstro da história era eu mesma e que meus olhos não pertenciam mais aquele lugar.Quem sabe, era definitivamente a hora de dizer o adeus libertador. 




6 comentários:

  1. Legal o texto!é dificil as vezes compreender o que esta se passando e tentar libertar-se.

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga

    O adeus é uma forma
    de libertar o passado,
    para que o presente
    chegue
    e traga com ele
    a felicidade.

    Que amar seja para ti
    o objetivo de cada instante.

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse pequeno texto. Muitas vezes temos de ter um olhar diferente, temos de analisar nossas próprias atitudes.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  4. Adeus libertador...eu preciso tanto dizer um desses! Adorei o texto, sei o que se passa nele, sei que acontece exatamente em mim...
    Beijos

    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila, que lindo, adorei.
    Tenha uma ótima semana, bjs e um ótimo começo de dezembro, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Vontade louca essa de abrir um zíper nas costas e "sair de si". Ein? É tentador demais... mas ainda acho a fórmula para isso. Rs

    ResponderExcluir