Páginas

29 de ago de 2010

Confesso

Eu ando meio cansada de mim mesma, cansada das mudanças do mês passado, da minha mudança de humor repentina, da falta de sentimentos, de tudo que eu não coragem de revelar, cansada das suspeitas e da minha total falta de interesse no que deveria me interessar, com medo de dizer o que sinto e com medo de ouvir as respostas, ando pensando de mais no passado que não volta mais, olhando fotos e tentando recordar momentos, sentindo um aperto no peito e pernas tremendo quando te vejo, fugindo, correndo de mim mesma, esperando me encontrar a cada dia, cada pensamento, cada carta e a cada fotografia, mais só me deparo com mais dúvidas e elas estão me consumindo, alguém pode me ajudar a encontrar o caminho, confesso que estou perdida. 

5 comentários:

  1. MEnina, uma receita p isso..
    Emprego...
    Se tá dificil se interessar por isso...
    Vá p uma mesa de bar..
    Com gente confiavel claro!
    ;)

    ResponderExcluir
  2. «Eu sou o Caminho, a Verdade e a vida!» disse Alguém um dia, há perto de 2000 anos.
    Será que ajuda?!

    1bj na alma

    ResponderExcluir
  3. Também confesso isso. Em algumas vezes, simplesmente cansamos de tudo e de todos, principalmente da gente.

    ResponderExcluir
  4. Sentir se perdido é o primeiro passo para se encontrar! pense nisso gata ;*

    ResponderExcluir
  5. Olá Camila,

    Você já assistiu o filme ou leu o livro "Alice no País das Maravilhas"? Tem uma parte que pode lhe ajudar a refletir um pouco:

    Alice está perdida, andando naquele lugar e, de repente, vê no alto da árvore o gato. Só o rabão do gato e aquele sorriso. Ela olha para ele lá em cima e diz assim: "Você pode me ajudar?" Ele falou: "Sim, pois não." "Para onde vai essa estrada?", pergunta ela. Ele respondeu com outra pergunta (que sempre de! vemos nos fazer): "Para onde você quer ir?". Ela disse: "Eu não sei, estou perdida." Ele, então, diz assim: "Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve."

    Não tenha medo! Medo gera angústia e bloqueia nossa "força de vontade" e nossa "capacidade de ser criativos" diante da vida! Não prenda-se ao passado, nem preocupe-se com o futuro, VIVA BEM O MOMENTO PRESENTE! Verás que colherá bons frutos e deixarás um rastro de luz!
    Tenha uma ótima semana,
    Abração,
    Flávio Nunes.

    ResponderExcluir