Páginas

2 de jul de 2010

O ultimo suspiro

Ela apenas observava na calada da noite, quando todos estavam vivendo em um mundo irreal, ela estava olhando as belas estrelas que aquela misteriosa noite de luar lhe trazia, escutava sons estranhos e gritos pedindo socorro, não conseguia mais viver em paz, seus antidepressivos não estavam fazendo mais efeito, estava triste, as pessoas não queriam mais escutar a sua voz, a chamavam de louca, nem ao menos sua família queria saber se estava bem ou mal, queria ferir por fora para acabar com toda a angustia que carregava em seu peito, queria gritar mais só conseguia sussurrar, seus amigos a abandonaram, o velho brilho em seus olhos foi apagado, não conseguia se perdoar, carregava dores e fantasmas de um acidente que quase a matou, cortou seus cabelos loiros e compridos, fez tatuagens e começou a fumar e beber,quase todas as noites fumava  para se liberar, vendeu seu corpo e aos poucos foi se destruindo, acabava com a vida de cachorros e gatos por diversão e os maltratava, ela estava no fundo do poço, as pessoas não percebiam que aquele comportamento imaturo era um pedido desesperado de socorro e como ela queria ser feliz ao menos uma vez na vida, como ela queria se liberar daqueles medos e de toda a insegurança que carregava, queria correr, começar uma vida nova mais estava presa em seus vícios e então ela se sentou em um cemitério ao lado de uma  árvore seca, por incrível que pareça ela se identificou com a velha árvore que não produzia  mais frutos, sentou se e começou a pensar em tudo que já passara até ali, decidiu acabar de vez com todo aquele sofrimento, pensou em seus pais, seus antigos amigos e em tudo que ela havia passado, então seus olhos se fecharam e sentiu uma dor terrível, deu aquela facada em seu coração e deu um ultimo suspiro e pela primeira vez em sua vida caiu uma lágrimas dos seus olhos.  

Qualquer semelhança com a realidade é apenas uma coincidência. 
 -Porque hoje eu acordei com vontade de fugir da realidade e me afundar em universo chamado drama.

3 comentários:

  1. Pois é, percebi q vc afundou no drama! rsrs q tragédia, mas a história está muito boa, principalmente a parte do início. Adorei o blog, bjão!

    ResponderExcluir
  2. Muito drama, mas isso faz da história uma bela história! :)

    ResponderExcluir
  3. História incrível *-*

    Beijooo.

    ResponderExcluir