Páginas

1 de ago de 2010

Não lamente baby

isso não é para você. Não, não tenho esperanças, nem ao menos expectativas, mais eu tenho medos, muitos. Eu queria falar... não falar sem parar, falar do que sinto, não quero falar de mim, quero falar sobre o que sinto e não tenho coragem, não quero que condene meus atos, quero que me apóie porra, quero mais não preciso, nunca precisei, porque fico melhor sozinha. Estou tão feliz que seria capaz de simplesmente sorrir ao olhar o sol, baby, isso é mentira, acordei infeliz e não estou bem, não estou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário